Seis conselhos para preparar bem as suas entrevistas

comunicar bem entrevistas de emprego job interviews

Ir a uma entrevista de emprego pode ser quase tão aterrador como ser entrevistado por um jornalista. Por isso, as dicas que aqui deixamos são tão válidas para entrevistas de emprego ou para um meio de comunicação social.

Vamos começar?

1. Pesquisa

É quase tão óbvio que até parece estranho começarmos por aqui, mas várias pessoas não fazem uma pesquisa profunda sobre a empresa para a qual vão ser entrevistadas e isso pode, muitas vezes, hipotecar a entrevista. Não vá para uma entrevista sem conhecer a empresa e a vaga para a qual está a candidatar-se – o mesmo serve para as entrevistas jornalísticas: conhecer o jornalista e o meio para o qual escreve é quase tão importante como falar sobre si. Faça uma pesquisa aprofundada sobre a empresa, especialmente nos meios que estão mais facilmente ao seu alcance – isto é: a internet. Veja o website da empresa, as redes sociais, procure por notícias nos motores de busca – veja se são notícias positivas ou se têm algum motivo de crise associada. Veja no Linkedin se conhece alguém que trabalhe naquela empresa e, caso se sinta à vontade para isso, fale um pouco com essa pessoa sobre como é para ela trabalhar ali, o que mais gosta e o que menos gosta. Desta forma, poderá, à partida, despistar várias dúvidas que tenha acerca da empresa e perceber, a priori, se se vê a trabalhar ali um dia ou não.

2. Comunicação verbal e não verbal

Isto vale tanto para uma entrevista presencial como por videoconferência – bem sabemos, nos tempos que correm, que estas são cada vez mais comuns. O seu corpo também fala, a sua cara, a sua postura e, não menos importante, a roupa que veste. Por isso, não deve nunca descurar a apresentação da sua imagem numa entrevista. Entre com um sorriso nos lábios, cumprimente todos os presentes e apresente-se. Dependendo do tipo de empresa – mais criativa, ou mais formal – adapte sempre o vestuário ao contexto. Na dúvida, uma roupa sóbria, com cores neutras, mas sempre confortável, pois isso vai notar-se automaticamente na sua postura. Para os homens, no caso de entrevistas a cargos muito formais é difícil fugir do habitual fato e gravata.

3. Role play

É muito importante antecipar o que vai acontecer na entrevista. Assim, deve tentar prever as perguntas que irão fazer-lhe e treinar as suas respostas de forma que, quando chegar a hora, não entre em pânico. Treine tudo, das perguntas mais fáceis às mais difíceis – às improváveis! Vai ver que vai sair-se bem na hora de responder.

4. Crie empatia

Tente, antes da entrevista, começar uma conversa informal com o/os entrevistador(es). É importante tentar criar uma ligação com quem o vai entrevistar e lembrar-se sempre que do outro lado também está um ser humano e não um extraterrestre. Aqui, a parte de pesquisa sobre a empresa pode ser um importante quebra-gelo quando quiser iniciar uma conversa.

5. Faça perguntas

É importante também demonstrar interesse pelo outro lado. No final de uma entrevista, é muito comum que lhe deem espaço para tirar algumas dúvidas, por isso, não deixe de fazer perguntas sobre a vaga para a qual está a candidatar-se, sobre a empresa, sobre quando poderá esperar por uma resposta. Desta forma, estará a demonstrar o seu interesse na vaga e isso poderá ser um bom fator de desempate na hora de decidir.

6. Desligue o telemóvel

Parece simples, não é? Ninguém iria lembrar-se de deixar o telemóvel com som, ou de não o colocar em modo de voo durante uma entrevista. No entanto, os percalços acontecem. De preferência, antes de entrar na empresa, desligue o telemóvel ou coloque-o em modo de voo e no silêncio, de forma a impedir uma situação embaraçosa durante a entrevista. Acredite: todos os avisos são poucos…

Estes são apenas alguns conselhos para que seja bem-sucedido nas suas entrevistas, sejam elas presenciais ou online.

Especificamente para as entrevistas online, é importante ter em conta o seguinte:

  • Escolha o local mais adequado para a realização da entrevista;
  • Olhe diretamente para a câmara para que o entrevistador perceba que está a olhar diretamente para ele;
  • Tome notas para responder da forma mais assertiva possível;
  • Espere que terminem a pergunta antes de responder;
  • Testar, testar, testar – nunca é demais referir. Teste o equipamento, o som, o vídeo, a conexão à internet, de forma a assegurar-se de que tem todas as condições técnicas para a realização da entrevista.

Pronto para fazer sucesso nas suas entrevistas? No limite, não se esqueça: uma comunicação clara é sempre a chave para uma entrevista de sucesso! Se, ainda assim, acha que precisa de ajuda, temos formação à medida para ajudá-lo/a a comunicar melhor. Não deixe de contactar-nos e até breve!

Rita Justo, press officer e content curator na Media em Movimento

Fontes:

Na prática

JobConvo