Facebook Shops: a ferramenta que vai ajudar os pequenos negócios

Facebook Shops: a ferramenta que vai ajudar os pequenos negócios

Olá, caro leitor, como tem passado? Desta vez, vamos falar sobre a nova ferramenta recentemente lançada pelo Facebook: o Facebook Shops, ou Lojas do Facebook. Esta é uma ferramenta gratuita onde se pode criar lojas virtuais para pequenos negócios dentro desta rede social. Vamos ver como funciona?

O anúncio do lançamento do Facebook Shops foi feito no dia 19 de maio. Esta plataforma procura agrupar grandes nomes do mercado, assim como os comerciantes independentes. A funcionalidade também estará disponível para o Instagram e o objetivo é auxiliar os pequenos negócios que estão a passar por dificuldades devido à crise causada pela pandemia do novo Coronavírus.

Esta novidade já se encontra no Facebook há algum tempo, com os anúncios a aparecerem no feed dos utilizadores, grupos e até mesmo pelo Marketplace. Porém, com a nova funcionalidade, as empresas que vendem produtos físicos conseguem ter o seu negócio com um aspeto mais profissional, uma vez que poderão criar uma secção que ficará em destaque nas suas páginas, personalizar o canal e por aí fora. O lado positivo desta mudança é que os utilizadores não terão de pagar nada para a fazer.

Agora vem a pergunta que todos querem ver respondida: como funciona o Facebook Shops?

Como foi dito anteriormente, o Facebook Shops terá a mesma função de uma loja virtual, mas integrada com o Facebook, o Instagram (Instagram Shops) e, no futuro, com o Whatsapp e com o Messenger.  Graças a esta plataforma, o comerciante consegue criar uma seleção dos seus principais produtos e expô-los numa espécie de montra digital.

Importa sublinhar que os negócios com uma loja da página do Facebook e perfil do Instagram associados podem ser elegíveis para ter uma montra partilhada no Instagram e no Facebook.

Enquanto utilizador, para aceder a este mundo virtual de compras só precisa de aceder à página da empresa no Facebook ou no Instagram – o acesso também pode ser feito pelos stories. Aí, os produtos estarão disponíveis e o utilizador poderá finalizar a sua compra fora ou dentro da aplicação.

Mas nem tudo são rosas. Por enquanto, o pagamento através do Facebook só se encontra disponível em território norte-americano, mas a sua expansão deve acontecer de forma ampla nos próximos dois meses.

Uma outra novidade que também foi anunciada é que, brevemente, as lojas no Instagram poderão ter hiperligações a alguns dos seus produtos durante uma transmissão ao vivo, os famosos lives. Para que isto aconteça, a empresa deverá fazer uma pré-seleção dos produtos que irão aparecer durante a sua transmissão e a compra irá ficar disponível em tempo real.

Para já, apenas alguns negócios que utilizam já páginas de lojas no Facebook estão a ser convidados a testar esta nova funcionalidade. Entretanto, temos uma ótima sugestão para si: clique aqui e veja os nossos outros artigos sobre o Facebook.

Até à próxima! 😊

Pedro Montijo, digital strategist na Media em Movimento

Fontes:

Rock Content: Tudo que você precisa saber sobre o Facebook Shops, a nova plataforma de lojas virtuais gratuita da rede

GQ: Facebook Shops: rede social lança função para facilitar vendas online

E-commercebrasil: Facebook lança Shops, recurso de venda de produtos para pequenas empresas

Observador: Facebook lança as “Shops” para ajudar pequenos negócios a vender online