Merchandising com impacto para o seu negócio

Merchandising com impacto para o seu negócio

O merchandising está intrinsecamente ligado ao marketing e à necessidade de vender da melhor forma possível. Depois de falarmos sobre o que é e para que serve a produção gráfica, dedicamo-nos agora ao merchandising e a como uma boa estratégia pode ter impacto no seu negócio.

O que é o merchandising?

Phillip Kotler, considerado um dos pais do marketing e autor da famosa bíblia do marketing, Mercator, define merchandising como toda a atividade que acompanha o ciclo de lançamento de um produto, começando pelo posicionamento nos pontos de venda e terminando no impacto que todas as ações têm no consumidor final.

Por outras palavras, são todas as ações que tomamos para tornar o nosso produto vendável, não fosse “merchandise” a palavra inglesa que define “mercadoria”.

Desta forma, para termos uma boa estratégia de merchandising há que planeá-lo. Segundo o publicitário Eduardo Silva, há que ter em conta cinco elementos:

  • O produto, estando este sempre no centro de qualquer ação;
  • O local onde o produto vai ser distribuído;
  • O momento em que vai ser comercializado;
  • A quantidade, nem a menos, nem a mais;
  • E, finalmente, o preço, que deverá ser competitivo.

Se é verdade que há uns tempos o merchandising se resumia à experiência em loja, TV, rádio e offline, hoje, as opções são imensas, com recurso ao marketing digital. Contudo, iremos agora focar-nos no merchandising físico e também TV e rádio.

Como posso então potenciar o meu produto?

Há vários fatores a ter em conta quando pensamos numa boa estratégia de merchandising. O marketeer Neil Patel enumera alguns:

  1. Uma boa identidade visual é chave – falámos anteriormente de que os olhos também comem e, no que toca às vendas, não há verdade mais absoluta. O produto pode ser o melhor de todos, mas se não foi apetecível aos olhos, mais especificamente no seu ponto de venda físico, os resultados de vendas poderão não ser os mais desejáveis. A cor, o packaging, tudo são fatores a ser sempre pensados tendo em conta o consumidor final;
  2. O merchandising editorial – também conhecido como product placement. Transpor uma marca do ponto de venda para a televisão, por exemplo, ou rádio, não precisa de acontecer só por meio de publicidade pura e dura. Pode desenrolar-se através da promoção de produtos de forma mais subtil, por exemplo, em filmes. Há vários casos de sucesso, que pode explorar melhor aqui;
  3. Também é importante o ponto de venda – tal como falado acima sobre uma boa identidade visual, importa ter em conta a organização dos produtos no ponto de venda, a luz, as dinâmicas implementadas, de forma a captar da melhor forma a atenção do cliente para os consumir. Aqui, a tecnologia implementada pode ter um papel diferenciador;
  4. Promoções, cupões e muito mais – há várias formas de atrair o cliente, uma delas passa por apresentar vantagens para a compra de determinado produto, nomeadamente amostras no ponto de venda, um cupão de desconto ou uma promoção. Assim, vai conseguir aumentar a visibilidade do seu produto e potenciar as suas vendas.

Não nos focamos agora no merchandising digital, mas é importante ter sempre uma estratégia digital associada à venda de um produto: definir a estratégia de apresentação nas redes sociais, campanhas digitais, escolher os influenciadores certos é chave para vender ‘bem’ um produto.

Como pôr, então, em prática uma estratégia de merchandising?

Em primeiro lugar, saiba para quem vende. Deverá conhecer o seu público-alvo, saber quem é, o que faz, o que gosta e o que não gosta. Depois, é importante definir metas e objetivos claros para a sua estratégia para então passar à ação. Crie estímulos para atrair o seu público, tenha uma boa experiência do utilizador no ponto de venda e também nos restantes pontos de contacto da marca. Defina períodos para promoções e não se esqueça de se focar naquilo que o seu produto traz de único.

Pronto para a luta? Contacte-nos para saber mais sobre a melhor estratégia de merchandising para o seu produto.

Rita Justo, press officer na Media em Movimento

Outras fontes:

Clube do Trade

Neil Patel

Rock Content

Autónoma

U.Porto