Assessoria de imprensa ou assessoria mediática? Qual a diferença?

Assessoria de imprensa ou assessoria mediática? Qual a diferença?

Rigor, transparência e coerência na informação são três palavras que definem o serviço de assessoria de imprensa… ou assessoria mediática? Para muitos é o mesmo, mas não. Passamos a explicar a diferença.

A assessoria de imprensa é uma das ferramentas de comunicação organizacional desenvolvida com o intuito de divulgar os produtos, serviços e identidade de empresas e instituições ao público através de conteúdos passíveis de se tornarem notícia.

Esta assessoria visa ajudar as empresas a serem comunicadas na imprensa, conseguindo assim um mediatismo, preferencialmente, positivo. É, pelo menos, nesse sentido o trabalho de um assessor de imprensa, que fará por estabelecer relações sólidas e, claro, confiáveis, com os jornalistas para criar oportunidades de aparição mediática. É também parte integrante do trabalho do assessor consolidar conteúdos pertinentes para divulgar o assessorado em meios de comunicação locais, nacionais e até internacionais.

Realmente a facilidade com que usamos a palavra mediatismo faz com que seja quase mais identitário chamar a este serviço assessoria mediática, pela visibilidade em que se traduz, mas não, o âmbito de cada uma faz toda a diferença.

A assessoria de imprensa está circunscrita à imprensa online, escrita, rádio e televisão. Já a assessoria mediática inclui toda a esfera social e digital dos influenciadores, bloggers, líderes de opinião, entre outras figuras públicas que ajudam o conteúdo a chegar mais longe, reforçando a credibilidade junto da opinião pública.

O papel do assessor nas empresas, figura importante caso exista, ou o recurso a uma agência de comunicação especializada é fundamental.

O Assessor permite uma aproximação maior entre os meios de comunicação social e a realidade das empresas, gerando notícias e informações de interesse púbico. Criada esta relação, a empresa assessorada adquire visibilidade através de conteúdo noticioso gerindo a sua reputação e credibilidade junto da opinião pública.

Este investimento é fulcral para a longevidade e sucesso de uma empresa pois as notícias publicadas ficam eternas. Faz com que a notoriedade que conquista seja quase um passe vitalício na memória das pessoas. A assessoria de imprensa ajuda a criar esse passe vitalício. Ajuda a que a empresa assessorada seja lida, escolhida, falada, comentada e, essencialmente, referenciada.

Uma boa comunicação, bem como uma boa relação entre um assessor de imprensa e o jornalista/influenciador, faz com que uma empresa chegue mais longe. Cria-se um fluxo fluído de conhecimento e informação, gera-se curiosidade e estimula-se a procura pela empresa comunicada.

A assessoria mediática permite à empresa existir publicamente, onde com rigor, transparência e coerência, o assessor de imprensa ou a sua agência de comunicação leva a empresa para fora de portas e mostra-a ao mundo.

Mafalda Marques, diretora-geral da Media em Movimento