Seis erros que não deve fazer ao utilizar SEO

Seis erros que não deve fazer ao utilizar SEO

Olá, caro leitor, como tem passado? Espero que esteja bem. Se estiver a ler este texto, significa que gostou do que foi falado no artigo anterior e gostaria de saber um pouco mais sobre SEO. Caso ainda tenha alguma dúvida, que tal reler o texto que publicámos há uns dias?

Neste novo artigo, iremos apresentar alguns erros que não deve cometer para não impactar negativamente o SEO do seu website, afinal, todos queremos que a nossa página seja um sucesso para os motores de busca. Vamos lá…

1. Site não amigável

Quando entramos num site, reparamos logo no design do mesmo e na forma como podemos navegar nele. Se algo não está a funcionar bem, ou se não está bem-apresentado, o nosso radar de desconfiança é logo ativado e não voltamos ao mesmo site e, consequentemente, não o aconselhamos a ninguém.

2. Meta título não definido

O mega título, ou title tag, do seu site deverá explicar de forma clara e direta o conteúdo da sua página. É preciso utilizar uma palavra-chave que seja coerente e que faça uma menção ao contexto do seu website.

3. Excesso de palavras-chave

Está é uma prática muito conhecida e antiga do SEO e refere-se à utilização de palavras-chave várias vezes num texto na tentativa de manipular a classificação do site em um resultado de pesquisa do Google Antigamente esta era uma técnica que funcionava e era bastante indicada, até mesmo pelo Google, porém, o excesso destas keywords faz com que o texto se torne artificial, o que acaba por fazer com que a experiência do utilizador fique prejudicada.

O Google e outros motores de busca não encaram as palavras-chave como pedaços de destaques do texto, o que é considerado é o seu contexto.

4. Usabilidade

A dica de ouro que sempre ouvimos quando estamos a desenvolver um site é: “O usuário precisa de entender como funciona o site e como nele navegar sem problemas”. Contudo, algumas empresas não pensam nisso e a primeira coisa em que pensam é em deixar o site mais bonito em vez de útil para quem nele navega. Cuidado, pois a fraca experiência do utilizador (também conhecida como user experience ou UX) pode conduzir a menos visitas ao seu site, logo, um posicionamento inferior nos motores de pesquisa.

 5. Black Hat

Antes de mais,o termo “Black Hat” refere-se a um conjunto de técnicas cujo objetivo é manipular as principais variáveis com o intuito de enganar os motores de busca e, com isso, oferecer um conteúdo diferente do proposto. Caso seu site esteja a utilizar esta técnica, cuidado! As páginas que estão a utilizar esta técnica acabam por ser banidas dos motores de busca. Aqui ficam algumas dicas:

  • Não utilizar links ocultos ou texto;
  • Evitar a criação de várias páginas com o mesmo conteúdo, ou seja, conteúdo repetido;
  • Não camuflar o conteúdo da página (cloaking);
  • Não fazer redireccionamento não autorizado.

 6. Primeiro lugar não é sinónimo de sucesso

qui temos uma dica polémica. Calma, não estamos a dizer que não deve preocupar-se com o ranking da sua página. Afinal, este é o objetivo de toda otimização e que nos leva a ter mais acessos.Então por que razão não deve preocupar-se com a posição no ranking?

A resposta simples: as páginas que se encontram em primeiro lugar, muitas das vezes, acabam a perder cliques por causa da concorrência que se encontra acima dela. Sim, estamos a falar dos anúncios, featured snippiets ouquestion boxes, que atraem a atenção do utilizador e por isso acabam por ‘roubar’ os cliques dos links que ficariam em primeiro lugar.

Por isso, a nossa sugestão é sempre ter em conta o conteúdo para o melhor posicionamento possível.

O que estamos a tentar mostrar-lhe é que o uso do SEO não é algo impossível ou sem sentido. Existem várias estratégias, que, no longo prazo, levam em consideração os fatores relevantes de uma página e ajudam a que esta seja encontrada.

Estes dois artigos servem para introduzi-lo a uma das técnicas mais utilizadas no marketing digital, esperamos que tenha sido útil. Caso ainda esteja com dúvidas, entre em contacto connosco.

Por hoje é só, pessoal! 😊

Pedro Montijo, digital marketeer da Media em Movimento

Fontes:

Administradores.com

Rock Content

Resultados Digitais

Agência Mestre